5abet

Soja Brasil

5abet - Você tem até este domingo para votar no Personagem Soja Brasil 2020/2021

O Projeto Soja Brasil homenageia produtores e pesquisadores que fazem a diferença no Brasil

Termina no próximo domingo, 14, à meia-noite, o prazo para votação no Personagem Soja Brasil da safra 2020/2021. A cada temporada, o Projeto Soja Brasil promove um concurso para valorizar as pessoas envolvidas na cadeia produtiva do grão: o Personagem Soja Brasil. Concorrem ao título produtores rurais e pesquisadores que fizeram contribuições decisivas para o desenvolvimento da cultura de soja no país.

Para ajudar nessa tarefa, o 5abet convidou parceiros, patrocinadores e apoiadores para indicar personalidades que são em referência em suas comunidades.

Os indicados, divididos nas categorias produtores e pesquisadores, terão suas histórias exibidas no site Soja Brasil, nos programas Rural Notícias e Mercado & Companhia e durante toda a programação do 5abet.

A votação foi aberta durante a Abertura Nacional da Colheita da Soja, em Luís Eduardo Magalhães (BA). Confira a história dos participantes e clique aqui para votar!

 

PRODUTORES

Kriss Corso, de Chapadão do Sul (MS)

Kriss Corso, candidato ao Personagem Soja Brasil

Muito ligado à inovação, pioneirismo em altas tecnologias, diversificação de cultivos e referência técnica, o produtor se considera um apaixonado pelo trabalho, e busca sempre aprender mais a cada dia, desenvolver as pessoas e os negócios ao redor. Ele se diz sempre determinado a conquistar os objetivos traçados, com foco em uma agricultura mais sustentável.

 

Fábio Eckert, de Tapes (RS)

Fábio Eckert, candidato a personagem Soja Brasil

 

Foi um dos primeiros agricultores a cultivar soja em área de terras baixas da planície costeira interna do Rio Grande do Sul. Desde então, busca superar os desafios do cultivo da soja em várzea, com o apoio de diversas tecnologias disponíveis na agricultura, amplamente usadas em sua lavoura. Preocupado com os efeitos na terra causados pelo cultivo, trabalha com alternância de culturas.

 

Flavio Faedo, de Rio Verde (GO)

Fábio Eckert, candidato a personagem Soja Brasil

Vindo de uma linhagem de sojicultores inovadores, inclusive os precursores da soja em Passo Fundo (RS), é um incentivador da agricultura sustentável, optando por usar métodos alternativos de adubação, como o pó de rocha, e produtos biológicos no combate a problemas de solo, de doenças e pragas. A ideia é aliar rentabilidade a boas práticas no campo, com uma agricultura regenerativa.

 

Laércio Dalla Vecchia, de Mangueirinha (PR)

Laércio Dalla Vecchia, candidato a personagem Soja Brasil

É considerado, por muitos produtores, um exemplo de comprometimento com as boas práticas de produção de soja sustentável, aliando a isso altas produtividades. Essas características lhe renderam o título de vencedor do concurso de Máxima Produtividade do Cesb, alcançando 118,8 sacas de soja por hectare, utilizando as boas práticas de manejo integrado de pragas, doenças e plantas daninhas.

 

PESQUISADORES

Luis Henrique Penckowski, pesquisador da Fundação ABC

Luis Henrique Penckowski, candidato Personagem Soja Brasil

 

Tem experiência de 20 anos como pesquisador na área de herbologia (ciência das plantas daninhas). Está diretamente envolvido com o trabalho de identificação e controle de novas espécies de Amaranthus, resistentes a herbicidas no Brasil, em especial na região Sul. Também tem liderado os estudos sobre nova planta daninha de importância agronômica na soja: a Amaranthus hybridus.

 

Caio Carbonari, pesquisador da Unesp/Botucatu (SP)

Caio Carbonari, candidato a Personagem Soja Brasil

Atua na área de proteção de plantas e métodos de controle de plantas daninhas. Tem participação em diferentes âmbitos e setores da cadeia, como academia, indústria, associação de produtores e políticos sobre a argumentação da importância dos defensivos agrícolas e esclarecimentos de tópicos críticos e relevantes sobre a utilização e impactos desses produtos.

 

Francisco Terasawa, pesquisador na FT Pesquisa

Francisco Terasawa

Nos últimos 47 anos, foi responsável, juntamente com sua equipe, pelo desenvolvimento de mais de 250 cultivares de soja. O destaque é a variedade FT Cristalina, chamada de “Rainha do Cerrado”. Ela tornou viável a produção de soja no Cerrado no final da década de 1970 e início dos anos 1980. Ele também tem cultivares em vários países, como Argentina, Colômbia e Nicarágua.

 

Mariangela Hungria, pesquisadora da Embrapa

Mariangela Hungria

É uma das grandes responsáveis pelo desenvolvimento das tecnologias de inoculação e co-inoculação da soja, e tem promovido grandes saltos de inovação no uso de produtos biológicos também para outras culturas. É uma cientista incansável no desenvolvimento de soluções que efetivamente promovam impacto sustentável na agricultura brasileira.

5abet Mapa do site