livescore.in

CRÉDITO RURAL

livescore.in - CMN aprova nova linha de crédito para cooperativas de leite

Os financiamentos terão juros de 8% ao ano e uma taxa especial de 4% ao ano para a agricultura familiar. Os beneficiários ainda poderão contar com 24 meses de carência e 60 meses para o pagamento

mercado lácteo - setor lácteo - leite
Foto: Envato/Embrapa

OConselho Monetário Nacional (CMN) aprovou nesta quinta-feira (21) uma linha de crédito especial com subvenção federal específica para cooperativas de produtores de leite.

O repasse será de mais de R$ 700 milhões.

A linha de crédito será destinada ao financiamento de capital de giro, no âmbito do Crédito de Investimento para Agregação de Renda (Pronaf Agroindústria) e do Programa de Capitalização de Cooperativas Agropecuárias (Procap-Agro).

Os beneficiários poderão financiar despesas operacionais, como compra de insumos, pagamento de salários, encargos sociais e outras obrigações financeiras.

Os financiamentos terão juros de 8% ao ano e uma taxa especial de 4% ao ano para a agricultura familiar. Os beneficiários ainda poderão contar com 24 meses de carência e 60 meses para o pagamento.

Leite

A iniciativa tem como objetivo possibilitar às cooperativas de produção de lácteos a obtenção de recursos financeiros que as permitam ajudar os produtores a regularizarem sua situação financeira, em função da redução dos preços pagos pelo leite e do aumento das importações do produto.

No Brasil, a produção anual de leite está estimada em 35 bilhões de litros. De acordo com o Censo Agropecuário de 2017, existe 1,18 milhão de propriedades rurais produtoras de leite, o que representa redução de 174 mil propriedades em relação ao censo anterior. Em cerca de 93% das propriedades, a produção é de até 200 litros por dia.

Oministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, destacou que a medida irá contribuir com a melhoria da liquidez dos produtores e promover a competitividade da cadeia produtiva do leite.

“É Desenrola Leite! Ao longo de todo o ano estamos trabalhando em uma série de ações, tanto emergenciais, quanto estruturantes. Estamos focados na busca de soluções. Agora, esta nova linha de crédito vai dar um fôlego para as cooperativas e, consequentemente, aos produtores, não apenas seus cooperados, mas todos aqueles que contam com esses serviços”, explicou.

Além da linha de crédito, neste ano, o governo federal já anunciou outras medidas para o setor, como o aumento do imposto de importação de leite em pó e a publicação de um decreto que fortalece a cadeia produtiva.

livescore.in Mapa do site